A esmo

nunca aprendi a usar
palavras da moda
não que eu não tenha interesse
em me conectar
não que a vida mereça
eu não me resignar

 

quem ama a esmo
ama somente a si mesmo.

quem ama a esmo
ama somente a si mesmo.

 

pois quem ama a esmo
não conquista o perdão
quando faz merda
não percebe que merda é
a indecisão

 

nunca aprendi a medida
de me apaixonar
tentei ser blasé, complacente
me fodi, não vai dar.

 

quem ama a esmo
não ama mesmo
nem merece perdão
quem ama a esmo
ama a esmo
a esmo é o coração
de quem ama a esmo
mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *